autoconsumo remoto

O que é o autoconsumo remoto? Entenda como funciona e vantagens

7 de dezembro de 2022

A utilização da energia solar fotovoltaica é uma tendência crescente no Brasil. A alta incidência de radiação solar no país e o constante aumento das bandeiras tarifárias impulsionam esse crescimento.

 

Muitas empresas estão adotando a energia solar como forma de amenizar os impactos financeiros causados pelo consumo de energia. Além disso, buscam formas de ajudar a conter as mudanças climáticas, utilizando energia renovável, esse tipo de consumo traz outros benefícios para os consumidores e para a sociedade. 

 

Porém, imagine a possibilidade de utilizar o excedente de energia solar gerada em uma propriedade para ser consumida em outro local? 

 

Sim, é possível através do autoconsumo remoto! 

 

A regulamentação dessa modalidade de geração foi estabelecida em 2015 pela Resolução Normativa nº 687 da ANEEL. Além do autoconsumo remoto, a RN ainda institui outras duas possibilidades de Geração Distribuída: a Geração compartilhada e a Geração em condomínios.

 

É claro que existem características especiais e restrições que devem ser observadas para usufruir do autoconsumo remoto.

 

Para que você entenda mais sobre o autoconsumo remoto e descubra como pode se beneficiar desta possibilidade, preparamos este artigo. 

 

Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é autoconsumo remoto?

O autoconsumo remoto é uma modalidade de Geração Distribuída de energia em que a fonte geradora está em um local diferente do ponto de consumo.

 

Ou seja, imagine que você tem uma unidade da sua fábrica em uma região rural e instala no local o sistema de energia solar. Os créditos de energia gerados pela unidade rural podem ser usados para custear o gasto de energia da unidade que fica dentro da cidade.

 

O processo de autoconsumo remoto é possível desde que o titular da conta das duas unidades seja do mesmo CPF ou CNPJ, e que estejam dentro da área de concessão da mesma distribuidora. 

 

Essa alternativa é apropriada para empresas com várias unidades e/ou que não possuam espaço de telhado para a instalação do sistema de energia solar fotovoltaico.

 

Dessa forma, o autoconsumo remoto se torna um marco para milhares de consumidores interessados na autoprodução de energia elétrica por meio de fontes de energia renováveis, garantindo economia e sustentabilidade.

Como funciona o autoconsumo remoto de energia?

Para saber como funciona o autoconsumo remoto, é necessário entender o conceito de créditos de energia.

 

A instalação de um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica da empresa distribuidora local, através do sistema On-Grid, o sistema capta a energia durante o dia e injeta na rede, o que não é consumido na unidade é repassada para a distribuidora. 

 

Quando isso acontece, a unidade consumidora recebe um bônus com a empresa distribuidora, chamado de crédito de energia.

 

Como no exemplo que mostramos acima, uma filial da empresa pode ceder seus créditos de energia para compensar os gastos da unidade matriz. 

Como funciona o autoconsumo remoto de energia

Existem, no entanto, algumas regras para que a compensação dos créditos de energia funcione sem nenhum problema no autoconsumo remoto, como:

 

  • As contas de energia devem ser do mesmo proprietário e/ou titularidade;
  • As unidades consumidoras devem estar dentro da área de concessão da mesma distribuidora.

 

O prazo de utilização dos créditos de energia é de 60 meses. Após esse prazo, a contagem dos créditos é zerada.

 

Com o autoconsumo remoto, o consumidor/gerador da própria energia consegue aproveitar melhor os créditos adquiridos e fazer uma grande economia. Inclusive, se uma das unidades que utiliza os créditos da energia mudar de endereço, ainda assim, os créditos continuam válidos e podem ser aproveitados no novo local.

 

Esse processo deve ser regularizado junto à empresa distribuidora de energia da mesma região, para que a instalação seja feita corretamente e todo processo funcione sem erros.

 

Como funciona o faturamento no autoconsumo remoto?

Os sistemas fotovoltaicos conectados à rede (On-Grid), precisam pagar o mínimo da conta de luz todos os meses. Afinal, é impossível zerar a conta porque a concessionária cobra um valor mínimo visto que a unidade consumidora está conectada à sua rede.

 

Esse valor é conhecido, também, como custo de disponibilidade. E ele varia de acordo com a  ligação entre unidade consumidora e concessionária, que pode ser:

 

  • Monofásico – custo de 30 kWh;

 

  • Bifásico – custo de 50 kWh;

 

  • Trifásico – custo de 100 kWh.

 

Cabe ressaltar que o local onde está instalado o sistema de geração de energia solar tem prioridade para a compensação dos créditos de energia. Apenas o excedente é transferido para outras unidades.

Vantagens de usar o Autoconsumo Remoto

Agora que você já sabe o que é autoconsumo remoto e como ele funciona, vamos falar sobre as vantagens de implementar essa modalidade.

 

Veja mais sobre os benefícios dessa solução: 

Flexibilidade para escolher onde fazer a instalação

Quando falamos em energia solar, é importante que a instalação do sistema fotovoltaico seja em um local com boa incidência solar, lugares com muito sombreamento podem prejudicar a geração de energia.

 

Dessa forma, você tem flexibilidade para escolher o local mais eficiente e para conseguir gerar uma maior quantidade de energia. Através do autoconsumo remoto, outras unidades também se beneficiam com essa solução.

Gerar créditos de energia para mais de uma unidade

Dependendo da capacidade de geração de energia que sua instalação produzir, você consegue utilizar os créditos para economizar nas contas de outras unidades.

 

Lembrando que os locais precisam estar sob a mesma titularidade e que estejam dentro da área de concessão da mesma distribuidora, para que seja possível trocar os créditos.

Economia na conta de energia

O autoconsumo remoto ajuda a reduzir significativamente os custos com energia e otimizar o orçamento da empresa. Dessa forma, é possível realizar investimentos em outras áreas importantes do negócio que contribuirão para o seu crescimento.

 

Vale frisar que o aumento na demanda por energia elétrica e a redução no nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas podem elevar o preço do consumo de eletricidade. 

 

Já um sistema de geração própria de energia, você não terá mais surpresas no valor de sua conta, pagará somente pelos custos de manutenção estabelecidos no contrato com a distribuidora e ficará blindado dessas oscilações.

Investimento inteligente para seu bolso

Mais um dos benefícios do autoconsumo remoto é que ele permite autonomia, reduzindo a dependência das distribuidoras para o consumo de energia. 

 

Isso não apenas oferece economia de custos ao longo do tempo, mas também reduz a pegada de carbono e fortalece a segurança energética da sua empresa.

Qual a diferença entre geração compartilhada e autoconsumo remoto

Qual a diferença entre geração compartilhada e autoconsumo remoto?

Citamos, no início do texto, que a Geração Distribuída possui três modalidades:

 

  • Autoconsumo remoto;
  • Geração compartilhada;
  • Geração em condomínios.

 

Agora que você conhece o autoconsumo remoto, vamos explicar brevemente as outras duas soluções.

 

Na Geração compartilhada, os consumidores (pessoas físicas ou jurídicas) de uma mesma área podem formar parcerias, por meio de consórcios ou cooperativas, para instalar um sistema fotovoltaico micro ou minigerador.

 

Como a operação é feita em conjunto, os envolvidos compartilham os créditos de energia gerados pela solução implementada. A porcentagem de cada um é pré-definida no acordo firmado entre as partes.

 

Já na Geração em condomínios, o sistema de energia solar é instalado para gerar crédito de energia para o próprio condomínio manter suas operações. A energia também pode incluir o abastecimento de unidades consumidoras distintas.

 

Esta modalidade se aplica em lugares como shoppings, prédios comerciais, condomínios industriais, empresariais e residenciais (verticais ou horizontais), assim como, as áreas comuns dos empreendimentos.

 

Soluções econômicas e sustentáveis para a indústria é com a Soluttion, clique aqui para saber mais!

Conclusão

O autoconsumo remoto é uma opção inteligente e fácil de implementar se você quer otimizar os custos do seu negócio e ainda investir em energia limpa.

 

A principal vantagem é a economia com as contas de energia elétrica, por meio dos créditos de energia solar. Além do mais, o autoconsumo proporciona mais sustentabilidade e previsão de gastos de forma mais ampla. 

 

Ficou ainda mais interessado no assunto? A Soluttion Energia Inteligente é uma das maiores empresas de EPC (Engineering-Procurement-Construction) do nosso país. 

 

Ela oferece experiência completa, sendo possível ter desde o dimensionamento, instalação de sistemas solares fotovoltaicos a manutenção e monitoramento do sistema e suporte contínuo para geração de energia solar fotovoltaica em todo país. 

 

Entre em contato com um dos nossos especialistas e descubra outras informações sobre soluções em energia fotovoltaica!

Compartilhe:

Mais Lidas

Empresa Sustentável: como aumentar o crescimento do negócio?

18 de janeiro de 2022

Conheça 5 maneiras de economizar com o uso de energia solar

20 de janeiro de 2022

Bem-vindo ao nosso novo site Soluttion

29 de abril de 2022

Água mineral Lindoya Verão é escolhida como a primeira a chegar à lua pela NASA

9 de maio de 2022

Soluttion marca presença na inauguração da nova fábrica da BYD Brasil

10 de maio de 2022

× Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday